sábado, 6 de outubro de 2012

Music

Encontrei este texto e acho que me identifico bastante com ele:
 
"Já tomei as melhores decisões da minha vida ao ouvir-te. E as piores também.
O meu primeiro beijo foi dado contigo presente. Ainda me lembro das vezes que tomei decisões ao ouvir-te. Já chorei contigo, já me ri contigo. Já vivi momentos inesquecíveis em que estiveste presente.
Quando estou triste recorro imediatamente a ti. Transmites-me paz, calma, tranquilidade, esperança.
Consegues transmitir t
udo sem dizer quase nada.
Consegues pôr-me a chorar de um momento para o outro, mudas-me o estado de espírito num estalar de dedos.
É estranho dirigir-me a ti como se fosses uma pessoa, um ser real, uma alma. Mas na verdade és mais que isso.
És melodia, és felicidade, és tristeza, és festas e saídas, és inspiração e momentos, notas músicais e vozes, simples batidas ou sons. És um mundo. O meu mundo. Desligas-me do mundo e dás-me vontade de dançar. Dançar como se não houvesse amanhã. Também é bom ouvir-te sozinha.
Fazes-me pensar em cada momento da minha vida, ajudas-me a tomar decisões, arrepias-me e fazes-me sentir compreendida.
És a única capaz de me ouvir, me compreender e não me julgar. Ás vezes acho que és a melhor amiga que algúem pode ter. Não escolhes tamanhos, alturas, personalidades. Dás-te ao Mundo. Dás-te a mim.
Eu compreendo-te, e tu compreendes-me. E é por isso que somos tão felizes juntas."

"Sem MÚSICA a vida seria um erro".

Sem comentários:

Enviar um comentário